Versões Concentradas de Itens de Lavanderia Diminuem Impacto Ambiental, Segundo Estudo


Há alguns anos, a P&G vem apostando no segmento de concentrados como parte do seu processo de inovação e sustentabilidade na categoria.

Por acreditar que ações falam mais que palavras quando se trata de sustentabilidade, a P&G vem implementando iniciativas que contribuem com a diminuição dos impactos ambientais na categoria de cuidados com as roupas. Foi a primeira multinacional de bens de consumo a eliminar globalmente os fosfatos do seu portfólio de sabão em pó a partir 2015, e atualmente as plantas produtoras de Ariel e Downy na América Latina são zero geração de resíduos para aterros sanitários.

Os produtos concentrados de lavanderia têm se mostrado excelentes opções para consumo pelo seu desempenho, praticidade e equação de valor. Durante o processo de produção, versões concentradas têm impactos ambientais menores nos indicadores de emissão de gases, de pegada energética e água, de consumo produtivo de água e energia e de resíduos gerados pelos plásticos das embalagens, quando comparados com suas versões regulares. Para entender os benefícios ambientais atrelados a esse formato, a P&G encomentou um estudo de Ciclo de Vida Comparativo de Ariel e Downy, que foi realizado pela Environmental Resources Management (ERM).

A metodologia do estudo considerou os volumes produtivos de Ariel e Downy, informados pela P&G, e a lavagem de 1 kg de roupas como unidade de medida funcional para os cálculos comparativos, levando em conta a dosagem recomendada para cada tipo de produto (regular e concentrado) e aplicando assim as especificações da ERM para cada aspecto ambiental avaliado.

Os resultados do estudo demonstraram que as reduções estimadas em um ano são de:
Esses são apenas os primeiros passos para práticas mais sustentáveis na categoria e ainda existe muito pela frente para fazer. A P&G segue investindo em inovação e iniciativas que contribuem com o meio ambiente, assim como na comunicação e educação dos produtos concentrados como uma opção mais consciente de consumo na categoria.
Lançamento de Ariel Concentrado em nova embalagem

A P&G lançou recentemente o Ariel Concentrado na versão refil, disponível em dois tamanhos: 5 lavagens (200 ml) e 10 lavagens (400 ml). Com uma fórmula concentrada, Ariel oferece uma excelente equação de valor para os consumidores, já que rende mais que o dobro3 por possibilitar a lavagem de uma mesma quantidade de roupa usando menos produto. E os refis buscam oferecer uma opção ainda mais econômica aos consumidores.

O Ariel Concentrado busca atender à necessidade dos consumidores que procuram por um lava-roupa líquido de alto desempenho e com custo benefício atrativo, já que oferece melhor remoção de manchas4 com menos custo por lavagem.5 O produto também facilita a rotina de cuidados com as roupas porque sua fórmula líquida permite o pré-tratamento das manchas sem a necessidade de esfregá-las ou de passos adicionais. Bastam apenas 2/3 da tampinha (40 ml) para lavar uma carga completa em lavadoras de até 8 kg.

 

Educação é chave para o desenvolvimento do segmento de concentrados no Brasil

O segmento de concentrados é a grande aposta da P&G, que acredita neste formato como o futuro em cuidados com as roupas no Brasil. Houve uma transformação na categoria de amaciantes em 2011, quando Downy foi lançando no país. O mercado brasileiro era composto basicamente por amaciantes diluídos, em apenas seis anos o segmento de concentrados mais que triplicou de tamanho.

A empresa acredita que esse mesmo processo de transformação deva ocorrer na categoria de lava-roupas, seguindo a tendência dos países desenvolvidos em que o segmento de líquidos já representa entre 50% e 70% da participação da categoria.6 Tais resultados demonstram que os produtos concentrados têm ganhado a preferência dos consumidores brasileiros na categoria de amaciantes. Um sinal claro de que o custo-benefício desse formato está sendo percebido.

O objetivo agora para a P&G é seguir educando os consumidores quanto aos benefícios dos produtos concentrados, principalmente na categoria de lava-roupas, que tem um desafio maior de migração de formatos. A companhia tem investido em uma comunicação educacional sobre a dosagem correta do produto, já que pesquisas demonstram que, por ser um formato novo, ainda é comum a superdosagem, o que impossibilita a real percepção do custo x benefício que os concentrados proporcionam.

[1] Resultados do estudo da ERM de Ciclo de Vida Comparativo dos produtos do portfólio P&G. Estimativas considerando 1 ano de produção de produtos Ariel e Downy.
[2] Considerando famílias compostas por 4 pessoas.
[3] Baseado em instruções de uso de cada produto.
[4] Vs. detergente líquido mais vendido. Baseado em teste com manchas representativas combinadas em tecido 100% algodão, seguindo instruções de uso de cada produto (Exemplo: café e vinho).
[5] Vs. detergente líquido mais vendido. Baseado nas instruções de uso de cada produto e média de preço entre janeiro e dezembro de 2017.
[6] Média de participação de mercado em valor dos últimos 12 meses, segundo leitura da Nielsen dos países EUA, Itália, França e Espanha.